21.2.07

Entrudo


Do Latim introitu, entrada. É Carnaval, os três dias que precedem a entrada da Quaresma; é no sentido figurado a pessoa que se apresenta ridiculamente vestida. E Carnaval do Latim carne, vale!, adeus carne, e do Italiano carnevale, terça-feira gorda, (baseado em dicionário de língua portuguesa).
Mas uma outra versão do surgimento da palavra Carnaval, remonta a Roma antiga, em que um carro no formato de navio atravessava as ruas e as pessoas usavam mascaras e brincavam nas ruas. Daqui surge carrum navalis, carro naval. Esta origem da palavra é contestada, sendo comummente aceite as de origem latina e italiana.
O período de Carnaval é marcado por uma concentração de festejos, em que a população sai à rua disfarçada, e a tradição variava de cidade para cidade tendo em conta os seus costumes. Desde o século XIX com a sociedade Vitoriana, que o Carnaval é feito de desfiles de fantasias, em que Paris e Veneza passam a ser os grandes centros difusores e inspiradores da tradição.
Em Portugal, a “tradição tradicional” afasta-se destas influências, e é no mínimo original. Temos como exemplo o
Desfile de Caretos, o Concurso de Máscaras (feitas em madeira pelos artesãos locais) e a Queima dos Compadres em Trás-os-Montes; e o de Torres Vedras que é organizado numa parceria de entidades locais, da qual se destaca a Real Confraria do Carnaval de Torres. =)

1 comentário:

Runcolho disse...

Não pude deixar de notar que não referiste o fabuloso Carnaval de Famalicão, cidade que alias já e considerada a Capital Mundial do Carnaval seguida de perto pelo Rio de Janeiro.

Obviamente isso não passa de um simples lapso sem grande importância!

Resumindo: esqueceste-te!

Runcolho