22.10.08

Retrato de Desamor

A verdade é feita de enganos...

De enganos foram feitas as tuas deixas.

Esmagadoras foram as tuas palavras.

Viciante cumplicidade do olhar.

Perseguição do romance.

Sombra desajeitada da ternura.

Suspenso na hesitação.

Interrupção do sentido.

Arrumo apressado na intimidade.

Incerteza glaciar cravada no peito.

Silêncio constrangido.

Sonho vazio.

Coração adormecido...

7 comentários:

Anónimo disse...

já sabs o k penso :D me gusta! é mm a tua cara!

Rita disse...

é lindo o poema!! mesmo!! de kem é?

precious disse...

gostei !

muito bem escrito :D *

Teté disse...

Como retrato de desamor, não podia acertar mais em cheio... ;)

S.A. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
S.A. disse...

=)

Ana, BM

Anónimo disse...

Gosto gosto gosto gosto!=)